terça-feira, 15 de junho de 2010

Porque sim!

Quem nunca teve uma má relação que coloque o dedo no ar! Ninguém?! Uma pessoa, duas talvez??
Eu já tive, uma relação camuflada por um sentimento inexistente que me levou a agir como se não fosse eu. Comecei uma relação com medo de perder a amizade dessa pessoa e logo em seguida tornei-me dependente, julguei que não seria possível viver sem ele, tornou-se obsessivo. Certo é que terminou, terminou sem amizade e por alguns tempos pensei que de facto gostava dele enquanto homem, mas não, facto é, que a altura não era boa, a falta de amor-próprio levou-me a uma auto-destruição mental. Hoje sei, que aquilo que sentia, não era gostar, não, não era. Como era possivel uma pessoa que não gosta de si, gostar de outro?
Reconstrui o meu amor próprio é solido esse amor. Tempos depois apaixonei-me, pela pessoa que esta comigo agora e então quando alguém me questiona: “Porquê ele” eu respondo “Porque sim”, porque os sentimentos não se descrevem, eles sentem-se ponto. Poderia dizer que é a inteligência fora de serie, o bom humor, o sentido de justiça, a maturidade, a paciencia para meu feitio. Tudo isto corresponde a realidade, mas a resposta é mesmo “Porque sim” porque é ele, porque me torno uma pessoa melhor com ele. É mesmo porque sim.
Hoje não dito a minha fellicidade em função dos outros, eu gosto de mim. Quem não gostar é questão de bom gosto:) Mas sim, sou feliz com quem estou e muito e sou feliz Porque sim.

5 comentários:

Katnani disse...

Ainda bem que agora estás bem! Também já passei por isso! :)

Amei o novo look do blog, pezinhos!

Jacky Simionato disse...

o negócio é esse, gostar de nós mesmos!
Eu me amo, mas foi difil aprender isso, viu?
Agora é que sou feliz!
Beejo flor":"

Hugo de Macedo disse...

Acima de tudo, o importante é gostarmos de nós mesmos e da forma que somos...é o fundamental. Feito isto, a opinião dos outros é secundária.

DC disse...

Adorei, a sério! :)

Rita G. disse...

Já passei por algo parecido, mas hoje tenho uma relação saudável! Crescemos, amadurecemos e isso tb se reflecte nos nossos relacionamentos! bj linda:)